Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial CGE e Seades debatem agilidade no atendimento à população
28/11/2017 - 11h00m

CGE e Seades debatem agilidade no atendimento à população

Caravana da Transparência visa otimzar trâmite de informações para a sociedade referentes à administração dos órgãos do Executivo

CGE e Seades debatem agilidade no atendimento à população
Texto de Victor Leahy

A Caravana de Transparência, promovida pela Controladoria-Geral do Estado de Alagoas (CGE) passou nesta segunda-feira (28) pela sede da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades). O encontro debateu a importância da Lei de Acesso à Informação (LAI) e serviu para capacitar o corpo técnico da Seades no sentido de otimizar a geração de informações referentes à pasta e que são requisitadas pela população.

 

A CGE é o órgão de assessoramento direto do Governo do Estado e funciona como força central do Sistema Estadual de Controle Interno. Entre suas competências, estão o acompanhamento do processo de gestão, avaliação dos controles administrativos e contábeis, de custos dos programas do Governo e controle de contratos e convênios.

 

A superintendente de Correição e Ouvidoria da CGE, Bruna Cansanção, explicou o processo que garante ao cidadão o direito à informação.

 

“Quando um cidadão solicita uma informação sobre a secretaria, o responsável pelo preenchimento da LAI precisa que o setor para qual a pergunta foi direcionada cumpra o prazo de resposta, para evitar qualquer atraso no processo e para que a informação possa chegar até a sociedade no período de tempo estipulado”, disse a superintendente.

 

Para o superintendente administrativo da Seades, Alan Pierre, os encontros são essenciais para que o processo de geração de informação para o cidadão seja aperfeiçoado. “A secretaria é um órgão do Estado, que é gerido com recursos públicos, oriundos do cidadão. Então, esse cidadão tem interesse em saber onde estão sendo aplicados esses recursos. É fundamental que o corpo da secretaria passe por essa capacitação para que possamos gerar de forma mais precisa essas informações que a sociedade deseja”, explicou.

 

O secretário de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Antônio Pinaud, destacou o trabalho realizado em conjunto para aproximar a população e a administração pública.

 

“O controle social é um direito do cidadão. A participação da sociedade na fiscalização e monitoramento das ações realizadas por agentes públicos na administração dos órgãos é essencial. Nós da Seades, em conjunto com a CGE, estamos dando todas as condições para que esse direito seja cumprido da forma correta e para que o cidadão saiba que o dinheiro dele está sendo bem utilizado. Isso faz com que ele se sinta parte do processo de avanço do Estado de Alagoas”, explicou Pinaud.

Ações do documento