Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Controladoria premia órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual
13/12/2016 - 11h00m

Controladoria premia órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual

Secretaria de Estado do Planejamento e a Companhia de Saneamento de Alagoas receberam o Prêmio Master da Transparência

Controladoria premia órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual
Texto de Amanda Vieira

A transparência e o cumprimento da Lei de Acesso à Informação (LAI) do Governo de Alagoas é um esforço conjunto de todos os órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual. Pensando nisso, a Controladoria Geral do Estado (CGE) realizou uma premiação para reconhecer o trabalho dos órgãos que foram destaques em 2016 no cumprimento dos prazos e a adoção dos procedimentos adequados.

 

O Prêmio Master da Transparência foi para aqueles que tiveram maior número de pedidos de informação registrados sistema eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC) e respondidos no prazo estabelecido pela LAI. A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Orçamento (Seplag) foi o órgão vencedor desta categoria e a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) ganhou o prêmio entre as entidades do Executivo Estadual.

 

Já a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE) receberam o Prêmio Destaque, assim como a Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas (Fapeal) e o Instituto do Meio Ambiente (IMA), que ganharam entre as entidades. Os prêmios foram entregues pela controladora-geral do Estado, Maria Clara Bugarim, aos responsáveis pelo monitoramento da LAI dos órgãos e entidades.

 


A superintendente de Correição e Ouvidoria, Bruna Cansanção, apresentou o diagnóstico atualizado da LAI. De acordo com ela, atualmente, 100% dos órgãos possuem o Serviço de Informação ao Cidadão presencial e online. Entre outras evoluções, Bruna Cansanção apontou os indicadores da transparência que atribui nota aos órgãos pelo desempenho no atendimento das demandas e diversos treinamentos realizados durante todo o ano.

 

 

“Esse trabalho desenvolvido por todos os responsáveis pela LAI já deu frutos e por isso o Estado conseguiu alcançar a segunda posição do ranking do Ministério Público Federal; mas precisamos dar continuidade com muito mais empenho para que Alagoas não caia nesse ranking; a nota reflete o serviço que está sendo prestado ao cidadão”, destacou a superintendente.

 

A controladora-geral Maria Clara Bugarim destacou que nenhum trabalho pode ser feito individualmente, ressaltando o empenho dos gestores e dos responsáveis pela LAI dos órgãos e entidades que abraçaram a causa da transparência em Alagoas.

 

 

“Corrupção combatemos com transparência, com informação ao cidadão; os responsáveis pela LAI fazem um trabalho com comprometimento, entusiasmo; eles representam a mudança em Alagoas”, destacou Bugarim.

Ações do documento