Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 Setembro Observatório da Despesa Pública de Alagoas é destaque no 3º Fórum de Ciências Contábeis
19/09/2017 - 16h30m

Observatório da Despesa Pública de Alagoas é destaque no 3º Fórum de Ciências Contábeis

Encontro foi realizado na Universidade Estadual de Alagoas, nessa terça-feira (19)

Observatório da Despesa Pública de Alagoas é destaque no 3º Fórum de Ciências Contábeis

O Observatório da Despesa Pública do Estado de Alagoas (ODP/AL), instituído pela Controladoria Geral do Estado (CGE), foi um dos temas debatidos na 3ª edição do Fórum de Ciências Contábeis (Forcic), realizado na Universidade Estadual de Alagoas, em Arapiraca, nessa terça-feira (19). 

O encontro, que reuniu profissionais de contabilidade e de diversas áreas, buscou promover a discussão entre os alunos do curso de Ciências Contábeis, e profissionais do mercado local e estadual. 

O professor Anderson Barros, coordenador do curso de Ciências Contábeis e pró-reitor da Uneal, destaca que o Forcic sempre é realizado na semana em comemoração ao dia do contador, dia 22 de setembro. “São palestras que contemplam desde a área pública até a área privada. Um diferencial desta edição é que não estamos trazendo apenas profissionais da área contábil, mas profissionais que venham agregar. Além disso, trouxemos empresários que utilizam e reconhecem a contabilidade como uma ciência e uma assessoria necessária para o bom desempenho da instituição e empresa”, explica. 

A superintendente de Auditagem da CGE, Adriana Araújo, apresentou a palestra “Inovações no Serviço Público: O caso do Observatório da Despesa Pública em Alagoas”. Instituído pela CGE, a iniciativa busca identificar irregularidades procedimentais e promover o controle prévio dos gastos públicos, mediante a identificação de indícios de possíveis desvios de aplicação.

“É sempre muito bom falar para os alunos e trabalhar essa formação trazendo um estudo de caso prático, como é o Observatório da Despesa Pública, apresenta as possibilidades que eles têm enquanto estudantes do curso de Ciências Contábeis e as possibilidades atuação deles. A área pública é crescente, é carente e nosso trabalho desenvolvido no Observatório, além de agregar profissionais de contabilidade, agrega analistas de sistema”, explica. 

Para Adriana, o Forcic levou temas que mostram aos futuros profissionais o perfil que é esperado para o mercado de trabalho. “Os profissionais da contabilidade precisam ter um diferencial, precisam conhecer auditoria, conhecer a contabilidade pública, sistemas; tem que conhecer um pouco de linguagens de programação, cruzamento de dados. Esse é o perfil do aluno que a gente precisa formar para ter na rua trabalhando hoje”, destaca.

O ODP é unidade permanente da Controladoria Geral do Estado, voltada à aplicação de metodologia científica, com tecnologia de ponta, para a produção de informações que visam subsidiar e acelerar a tomada de decisões estratégicas. 

“É um prazer vir apresentar esse trabalho para um grupo que está em constante transformação, que eles estão crescendo a cada dia. A Controladoria está sempre presente levando educação continuada para as instituições”, disse Adriana Araújo. 

 
Ações do documento