Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias CGE reúne responsáveis pela Lei de Acesso à Informação nos órgãos estaduais
30/06/2017 - 12h00m

CGE reúne responsáveis pela Lei de Acesso à Informação nos órgãos estaduais

Encontro visa fortalecer o acesso à informação pública

CGE reúne responsáveis pela Lei de Acesso à Informação nos órgãos estaduais
Texto de Amanda Vieira

A Controladoria-Geral do Estado (CGE) realizou a terceira edição do Encontro dos Responsáveis pela Lei de Acesso à Informação (LAI) e Serviço de Informação ao Cidadão. O evento reúne todos os servidores designados para monitorar a LAI no âmbito do respectivo órgão do Executivo Estadual.

 

O encontro tem o propósito de alinhar informações sobre os procedimentos adequados para o cumprimento efetivo da legislação em todos os órgãos estaduais, promovendo, cada vez mais, a transparência pública.

 

O Serviço de Informação ao Cidadão (SIC) está implantado em 100% dos órgãos e entidades estaduais nas formas presencial e online. O SIC permite que o cidadão solicite uma informação pública e acompanhe toda a tramitação do seu pedido. Os responsáveis pela LAI monitoram não somente o prazo, como também a qualidade da resposta, com o objetivo de deixar o cidadão satisfeito.

 

A assessora de Transparência da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), Glória Cortez, designada para monitorar o cumprimento da LAI, disse que os encontros tornam mais preparados os servidores que atuam na área. “O encontro é uma ferramenta proativa para manter a transparência pública e garantir a gestão dos órgãos na satisfação do cidadão”, enfatizou.

 

Já a assessora de Transparência da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplag), Dayane Arruda, destaca que é importante a interação com os colegas de outros órgãos para que as boas práticas sejam aplicadas na rotina. “Foi muito produtivo pela troca de experiências que vão agregar cada vez mais no nosso trabalho em busca de cada vez mais transparência no serviço público”, disse Dayane.

 

Em 2015 foram registrados 274 pedidos de informação na administração pública estadual. Já em 2016 foram 1.040 solicitações. O Estado de Alagoas, pela primeira vez, ocupa o primeiro lugar no Ranking da Transparência da Escala Brasil Transparente e tem nota 9,8 no ranking do Ministério Público Federal (MPF), que avalia os Portais da Transparência do Brasil.

Ações do documento