Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Controladoria apresenta Observatório da Despesa Pública em fórum de Contabilidade
11/01/2018 - 10h35m

Controladoria apresenta Observatório da Despesa Pública em fórum de Contabilidade

Evento discutiu a responsabilidade civil e ética do contador na sociedade

Controladoria apresenta Observatório da Despesa Pública em fórum de Contabilidade

A superintendente de Auditagem da CGE e coordenadora do ODP.Alagoas, Adriana Araújo, conduziu a palestra “Observatório Social – O case de compras em Alagoas

A Controladoria Geral do Estado (CGE) apresentou dados do trabalho do Observatório da Despesa Pública em Alagoas (ODP.Alagoas) durante o “Fórum: A Responsabilidade Civil e Ética do Contador na Sociedade” promovido pelo Conselho Regional de Contabilidade de Alagoas (CRCAL), com apoio do Ministério Público Estadual (MPE), realizado nesta quinta-feira (11), no auditório do Conselho Regional de Psicologia de Alagoas.

A superintendente de Auditagem da CGE e coordenadora do ODP.Alagoas, Adriana Araújo, conduziu a palestra “Observatório Social – O case de compras em Alagoas” e destacou a importância da ferramenta de apoio à gestão.

“O Observatório é um trabalho realizado em parceria com o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e o Governo do Estado decidiu implantar essa metodologia para Alagoas. É uma unidade apoiada em tecnologia da informação de ponta, para a produção de informações que visa subsidiar e acelerar a tomada de decisões estratégicas”, explicou Adriana.

O termo de cooperação técnica para a implantação da ferramenta em Alagoas foi assinado em fevereiro de 2016, com o objetivo de integrar a metodologia, promover um intercâmbio de experiências, informações e tecnologias. O primeiro estudo foi focado em compras governamentais durante o ano de 2015.

“Esse trabalho que está sendo realizado pela Controladoria Geral do Estado já está espalhado pelo país, com os Observatórios estaduais, municipais e federais. E trabalhamos de forma integrada. E é nossa responsabilidade, enquanto contadores, orientar os nossos clientes na abertura e condução de suas empresas, não só na esfera pública, como na área privada”, destacou.

Participaram da mesa de abertura o Luiz Reinaldo Pereira, presidente do Sindicato Dos Contabilistas Do Estado De Alagoas (SINDCONT/AL); João Clemente Vasconcelos Júnior, Gerente de Inteligência Fiscal da Secretaria da Fazenda do Estado de Alagoas (Sefaz); Cyro Blater, promotor de Justiça e coordenador do Grupo de Atuação Especial em Sonegação Fiscal e Lavagem de Bens (GAESF); Paulo Sergio Braga Rocha, presidente do CRCAL; Renata Fonseca, Gerente da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae-AL; Carlos Henrique do Nascimento, presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis de Alagoas (SESCAP/AL) e a Superintendente de Auditagem da CGE, Adriana Araújo.

Durante o fórum, foram abordados temas como ‘A responsabilidade civil do Profissional da Contabilidade’, o ‘Código de ética do profissional da contabilidade’ e a ‘Atuação do GAESF no combate a sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e corrupção em Alagoas”. 

 

Ações do documento