Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Controladoria realiza capacitação sobre a prestação de contas da Nota Fiscal Cidadã
05/02/2018 - 16h37m

Controladoria realiza capacitação sobre a prestação de contas da Nota Fiscal Cidadã

Encontro buscou alinhar as novas diretrizes e sanar dúvidas sobre os trâmites exigidos

Controladoria realiza capacitação sobre a prestação de contas da Nota Fiscal Cidadã

A superintendente de Controle Financeiro, Fabrícia Costa, orienta entidades sobre a prestação de contas da Nota Fiscal Cidadã

Em parceria com a Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz), a Controladoria Geral do Estado (CGE) realizou, nesta segunda-feira (5), uma capacitação com os responsáveis pelas prestações de contas das entidades beneficiadas cadastradas no programa Nota Fiscal Cidadã.

Durante o encontro, a superintendente de Controle Financeiro da CGE, Fabrícia Costa, destacou os pontos exigidos para a prestação de contas dos recursos recebidos através dos sorteios. Foram abordados pontos como a legislação e as instruções normativas que regem o programa, instrução processual e os documentos necessários.

Além disso, foram repassadas instruções sobre o que não pode faltar nas prestações de contas. Em 2016, a Sefaz e a CGE firmaram uma parceria para estruturar os procedimentos para as prestações de contas.

As instituições beneficiadas devem apresentar os resultados e gastos realizados a partir de cada sorteio. A prestação de contas deverá ser encaminhada à Gerência de Educação Fiscal que encaminha para a Controladoria.  

Para a superintendente de Controle Financeiro, Fabrícia Costa, o encontro possibilitou esclarecer as dúvidas dos profissionais responsáveis pela prestação de contas das instituições cadastradas. “Os novos profissionais que ainda não tinham participado das capacitações, sejam de novas instituições cadastradas ou servidores que são novos nessas instituições, puderam conhecer todos os detalhes da legislação, sanar dúvidas e, até mesmo, antecipar dificuldades e vislumbrar as soluções para apresentar a documentação exigida pela Sefaz e pela CGE”. 

A superintendente destaca ainda que para aqueles que já participaram de capacitações anteriores, o encontro, além de ratificar toda legislação conhecidas de tais servidores, ensejou ainda os alargamento das práticas do processo de prestação de contas em um contexto mais atualizado.

 

Ações do documento